O Ministério da Saúde irá apoiar as iniciativas propostas pela Prefeitura de Natal e pelo Governo do Estado na reestruturação da Saúde em Natal. Este foi o resultado da reunião realizada nesta terça (29), em Brasília, entre o prefeito Carlos Eduardo, a governadora Rosalba Ciarlini e o secretário de Assistência à Saúde, Helvécio Miranda, que representou o ministro Alexandre Padilha devido à determinação da presidente Dilma Rousseff para que ele fique no Rio Grande do Sul acompanhando o atendimento às vítimas do incêndio na Boate Kiss.

O prefeito e a governadora prepararam uma pauta comum entregue ao secretário de assistência à saúde na qual ficam especificados os compromissos do município, do Estado e do Ministério. Entre as propostas levadas pelo prefeito e aprovadas pelo Ministério, está a ampliação da capacidade do Hospital dos Pescadores para no mínimo 50 leitos, a garantia de manutenção dos recursos já destinados à construção de mais duas UPAs, uma no Planalto e outra na Zona Norte, no bairro de Nossa Senhora da Apresentação, a ampliação dos recursos destinados às cirurgias eletivas e pós-traumáticas, o credenciamento de novos leitos de UTI e o apoio à contratualização com os prestadores de serviços do SUS em Natal e no Rio Grande do Norte.

O Município se comprometeu ainda a colocar para funcionar em um prazo de até seis meses a UPA da Cidade da Esperança e qualificar o atendimento das maternidades incluídas na Rede Cegonha, com renovação de equipamentos e mobiliário e implantar o Pólo de Atendimento secundário ao pré-diabético em Natal, como forma de prevenir amputações, já que a cidade tem um dos mais altos índices de amputação por diabetes.

Fonte: Blog Panorama Político / Tribuna do Norte

Anúncios