Na manhã de hoje (01), o Zonal Norte do PT, participou de ato público contra o fechamento da UTI do Hospital Santa Catarina, que atende as urgências da Zona Norte.

“Sabemos que  o hospital Santa Catarina, atende  as urgências da Zona Norte, a maior região da cidade. É inadmissível, que um hospital de urgência e emergência, não tenha um leito de UTI funcionando, pois é o que vai acontecer, caso o Governo Rosalba, efetive de fato, esse fechamento. As pessoas que ocorrerem ao hospital e necessitarem de uma UTI, estarão condenadas à morte, pois nós, que moramos na Zona norte, sabemos da dificuldade de se chegar ao Walfredo Gurgel”, afirmou Vilma Aparecida.

Devido aos protestos da população e dos profissionais da área, secretário estadual de Saúde, Luiz Roberto Fonseca, anunciou a suspensão da medida, para que se busque uma solução. A Sesap ficou de publicar amanhã (02) a revogação da portaria. Uma comissão de servidores e do Sindsaúde irá discutir uma proposta para que se mantenha a UTI, a ser apresentada na segunda-feira, pela manhã, quando o secretário retorna ao hospital, para uma nova reunião.

“A suspensão foi uma vitória, mas não garante que a UTI não seja fechada e muito menos a ampliação do atendimento e as melhorias que o hospital precisa. O Sindsaúde irá continuar mobilizando e colhendo assinaturas contra o fechamento da UTI do Santa Catarina”, afirmou Simone Dutra, coordenadora-geral do Sindsaúde e enfermeira no hospital.

Com Informações do SindSaúde

Anúncios