Vice-presidente do PT/Natal, Tereza Freire, Laisy Morière e Tatau Godinho
Vice-presidente do PT/Natal, Tereza Freire, Laisy Morière e Tatau Godinho

Feminismo, política para mulheres, construção partidária e a questão da “paridade”, foram os principais temas abordados ontem durante o Seminário Estadual de Mulheres do PT/RN, realizado no Centro Pastoral da Cidade Alta.

 Durante o encontro as mulheres debateram estratégias para fortalecer a sua organização no Partido, a partir do resgate histórico sobre a luta das mulheres, discutindo a contribuição do feminismo e a importância de pautá-lo nos dias atuais.

 Segundo Laisy Morière – Secretária Nacional de Mulheres do PT – para ter igualdade é necessário que a mulher tenha autonomia política e social, e que isso deve ser umas das bandeiras das mulheres petistas. “Nós ainda temos o problema da representação, ou melhor, da sub-representação das mulheres no parlamento e também dentro do PT. O Brasil é um país da América Latina que está lá atrás, o índice chega a ser vergonhoso, temos 8% de mulheres deputadas federais, isso é irrisório numa democracia”, complementou Laisy.

 A Secretária de Políticas do Trabalho e Autonomia Econômica das Mulheres da Presidência da República Tatau Godinho, disse que a mobilização das gestoras das mulheres e de outros parceiros públicos deve estar focada também na autonomia econômica das mulheres, “que é fundamental para a construção da igualdade entre homens e mulheres”. Entre os desafios do governo federal, mencionou o aumento de oportunidades de trabalho e emprego para as mulheres, inclusive as oportunidades nos mercados não tradicionais femininos.

Confira mais fotos AQUI

Anúncios