carteira-de-trabalho1

O governo federal propôs, na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), divulgada na quarta-feira (15) pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, que o salário mínimo passe a valer R$ 854 a partir de janeiro de 2016. Neste ano, o mínimo está em R$ 788.

De acordo com a proposta do governo, a correção do salário mínimo será de 8,37%. De 2013 para 2014, houve aumento de 8,8%. Além disso, na LDO, há estimativa para que o mínimo passe a valer R$ 900,1, em 2017, e R$ 961, em 2018.

A presidenta Dilma Rousseff assinou, no fim de março, a nova Medida Provisória de valorização do salário mínimo. O texto prorroga até 2019 o modelo de reajuste do rendimento mínimo do trabalhador brasileiro.

A política de valorização do salário mínimo leva em conta a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior e a variação do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos anteriores.

Fonte: Agência PT de Notícias

Anúncios