O vereador Fernando Lucena (PT) aprovou ontem (20) um projeto de lei determinando que o Teatro Municipal Sandoval Wanderley, localizado no bairro do Alecrim, se torne Patrimônio Cultural e Imaterial do natalense.

A matéria foi aprovada por unanimidade pelo plenário da casa e agora segue para a sansão do chefe do executivo municipal.

Localizado no bairro do Alecrim, na Avenida Presidente Bandeira, o Sandoval Wanderley é um teatro de arena com capacidade para 150 espectadores. É referência de divulgação e cumpre um papel importante na cena cultural da cidade. Foi o segundo a ser construído na capital, em 1962, leva o nome do ator assuense Sandoval Wanderley, que criou os grupos Conjunto Teatral Potiguar, em 1941, e o Teatro de Amadores de Natal, em 1951.

“Diante de todo o impacto cultural e social que representa, busca-se com esta propositura reconhecer e proteger esse imenso patrimônio da cultura natalense, declarando-o Patrimônio Cultural Imaterial. O Rio Grande do Norte de tantas tradições precisa de mais espaços para que seus talentos possam se desenvolver. Trata-se, portanto, de um presente para toda classe artística potiguar que merece ser valorizada”, defendeu o vereador Fernando Lucena.

O Teatro Sandoval Wanderley está fechado desde 2009 devido à falta de manutenção. O prédio hoje é alvo de uma polêmica envolvendo artista e prefeitura, pois esta quer demolir a casa de espetáculos ,para dar espaço a construção de um shopping center no local.

 

Com informações do Portal no Ar

Anúncios