*A condenação de Lula em primeira instância: mais um lance do golpe contra a democracia!*

Não há provas contra Lula e ele foi condenado. A decisão vinda da República de Curitiba nos indigna, mas não surpreende.

Querem condenar Lula porque ele desponta como principal adversário daqueles que devolveram o Brasil ao mapa da fome, que precarizaram as relações de trabalho e fizeram crescer o desemprego, dos que aprovaram o congelamento dos investimentos sociais pelos próximos 20 anos e que querem acabar com o direito a aposentadoria.

Os que defendem o desmonte do Estado não têm projeto ou candidato para derrotar Lula em eleições diretas, por isso querem prendê-lo ou torná-lo inelegível. A caçada contra Lula é, na verdade, uma caçada contra o povo trabalhador.

Não aceitaremos a condenação injusta de Lula, não aceitaremos solução sem voto e a troca de um golpista por outro  em eleições indiretas.

Defender Lula é defender a democracia, a soberania do voto popular e uma justiça verdadeira, que condene a partir de provas e não de convicções ou preferências ideológicas.

Convocamos toda a militância Petista a seguir o exemplo das senadoras de esquerda que bravamente lutaram para barrar a reforma trabalhista.

*Vamos às ruas, hoje, dia 13, às 13h, na praça dos três poderes, em defesa de Lula, dos direitos conquistados e da democracia!*

O juiz de Curitiba não nos amedronta!
Temos convicção e provas de que o melhor para o país são eleições Diretas Já!

*Raoni Fernandes – presidente do PT Natal*

*Júnior Souto – presidente do PT RN*

Anúncios