O Partido dos Trabalhadores realizou, entre sábado e domingo, dias 16 e 17 de setembro, o processo de escolha das direções estaduais das Setoriais de Mulheres do Partido dos Trabalhadores. Mais de 5 mil mulheres participaram do processo. Em 23 estados foram eleitas as novas secretárias, exceto em Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais e Santa Catarina, que irão votar em suas representantes entre os dias 23 e 24 de setembro.

Os Setoriais e as Secretarias Setoriais têm como objetivo principal promover diálogo entre o partido e osmovimentos sociais, reforçando a participação do PT nas mobilizações e dialogando para a promoção de direitos e transformações em cada segmento da sociedade.

Para Laisy Moriére, Secretária Nacional de Mulheres do PT, o balanço desses encontros é extremamente positivo. “Foram mais de 5 mil mulheres filiadas ao partido que se encontraram para participar das discussões políticas. Discutiu-se a questão da conjuntura, a questão do programa para mulheres para o próximo período e a própria situação do país. As mulheres estavam muito felizes e praticamente não teve incidentes, ou seja, correu tudo muito bem”, avaliou.

Participaram do encontro todas as mulheres com filiação anterior ao dia 22 de outubro de 2016, não sendo necessária a escolha de opção setorial que, no caso de Mulheres, é classificada como identitária. Em todos os estados os encontros foram representativos e contaram com a presença de inúmeras mulheres. No Rio Grande do Norte, Divaneide Basílio foi eleita com 236 votos.

21743071_10208282865462790_7514569961991578384_n

Fotos: Mário Takeya

Anúncios