PT Natal em Defesa de democracia, da justiça e pelo direito de Lula ser candidato

 

1. Desde ano passado, os golpistas vem destruindo os direitos sociais, as liberdades democráticas e a soberania nacional do povo brasileiro.

2. As Frentes Populares, os movimentos sociais e os partidos de esquerda têm organizado a resistência. Entretanto, há em breve um momento importante de possibilidade da consolidação do golpe: a eleição de 2018.

3. No plano dos golpistas a eleição de 2018 seria vitoriosa para eles.

4. Mas o fracasso do governo, o agravamento da crise internacional e o crescimento da aceitação popular de Lula e do PT, acirram as contradições entre os setores golpistas e indicam que estes podem ser derrotados nas urnas.

5. Para evitar nossa vitória em 2018, setores golpistas consideram algumas opções: impedir Lula de concorrer, cassar o registro do PT, mudar o sistema político-eleitoral, tentar construir uma candidatura que os unifique e, inclusive, não realizar eleições. É importante reafirmamos a importância da Eleição de 2018 e o direito de Lula ser candidato para a garantia da democracia brasileira

6. Neste sentido, nosso primeiro desafio nesse final de ano e no início de 2018 é batalhar para que as eleições do ano que vem ocorram e Lula tenha garantido seu direito de ser candidato.

7. Reiteramos que “eleição sem Lula é fraude”. Não discutiremos um “plano b”, pois nos recusamos a aceitar o arbítrio e a legitimar uma fraude.

8. Para evitar a fraude, para garantir a presença de Lula nas eleições presidenciais de 2018, é preciso que nosso candidato continue crescendo nas pesquisas, que isto seja acompanhado de maior organização e mobilização popular.

9. Para contribuir com esse processo, a sede do PT Natal se transformará em Comitê de Mobilização e a sua Executiva orienta sua militância, suas secretarias, setoriais e zonais a:
a) Criar imediatamente comitês populares em defesa da democracia e do direito de Lula ser candidato a presidente, com as seguintes metas até o dia 24 de Janeiro:
a.1) Cada zonal criar pelo menos um, e incentivar para que os núcleos existentes criem cada um o seu comitê.
a. 2) A JPT (secretaria organizada em Natal) criar pelo menos um comitê em cada segmento de atuação, principalmente no movimento estudantil.
b) Engajar-se nas caravanas e demais atividades em defesa da candidatura.

10. O processo de retomada das liberdades democráticas em nosso país passa pelas eleições, mas uma parcela importante dos golpistas não considera a possibilidade de perder. Como em outras vezes em nossa história, nosso povo não fugirá de mais esta luta por justiça e democracia. Lula Presidente!

*Resolução da Executiva Municipal do PT reunida dia 14/12/2017

Anúncios